#01

DEPOIMENTO DO VOLUNTÁRIO

PAULO

Faz um ano que faço parte da ONG A Gente Ajuda. Quando iniciei este trabalho voluntário, estava passando por um momento super difícil da minha vida, meu casamento de 23 anos tinha acabado e minha ex esposa tinha se mudado para outro estado, além de eu estar desempregado na época.
Me via sozinho no mundo, com incertezas, medo, desmotivado com a vida e uma louca vontade de sumir do mapa.
Então, mesmo desanimado, fui no primeiro dia agendado pela ONG para fazer as doações de alimentos e roupas para os moradores de rua no Centro de São Paulo.
A partir deste dia, minha vida mudou!
Entendi que a felicidade estava nas pequenas coisas do dia a dia que geralmente não nós atentamos e não damos valor.
Descobri que existem inúmeras pessoas que dariam tudo para estar no meu lugar, que os meus problemas são insignificantes perto dos problemas dos meu irmãos que passam frio, fome, sede e agressão de todos os tipos.
Hoje agradeço a Deus por tudo que tenho, como um prato de comida, um copo com água, um banho, uma roupa limpa, um cobertor, um quarto, um banheiro, uma cozinha, um carinho, um abraço, uma palavra positiva ....Pois nada disso eles têm na rua.
Por incrível que pareça, são meus irmãos necessitados que mais me ajudaram na minha vida, me abrindo os olhos para enxergar como a vida é maravilhosa e que este gesto de carinho e amor de ajudar o próximo, faz com que entendamos o quanto somos felizes e abençoados.

Por que fazer trabalho voluntário?

         Ser voluntário é acima de tudo um ato de amor, respeito, compaixão, justiça e solidariedade. Por isso a motivação para ajudar o outro deve ser verdadeira, pois quando se é voluntário, se assume um compromisso com o próximo, e deve ser honrado.

 

         Sabia que para ser um voluntário você não precisa, necessariamente, vincular-se a uma organização? O princípio da coisa é querer ajudar e, a partir disso, mesmo que sozinho, buscar formas efetivas para fazer sua parte. Você também pode começar seu próprio movimento e mobilizar, seus parentes e amigos, para juntos, ajudarem outras pessoas a terem maior qualidade de vida e oportunidades de terem um amanhã diferente.

 

         Ler para idosos ou crianças, ser professor de alfabetização ou reforço para crianças e adultos, doar roupas, livros, brinquedos a creches e escolas e para moradores de ruas, realizar arrecadação de alimentos para os mais necessitados. São alguns dos milhares de exemplos de trabalhos voluntários que podemos fazer.

 

        Esta corrente do bem ajuda que as pessoas voltem a ter sua cidadania e seus direitos respeitados e, com isso, possam resgatar a autoconfiança, alegria, automotivação e também seu amor-próprio. Assim, quanto mais ouvidas, amadas e respeitadas, mais os indivíduos, que recebem auxílio, se sentem empoderados a seguir em frente e conquistar seus sonhos.

 

         Do outro lado, quem é voluntário também cresce como ser humano, pois tem oportunidade de aprender algo novo, evoluir, exercer a cidadania, fazer o bem e compartilhar e se transformar em alguém ainda melhor. Com isso todos nós podemos inspirar muitas outras pessoas a fazerem o mesmo, alimentando assim, uma extraordinária corrente do bem. Faça parte deste ciclo, seja voluntário e ajude a fazer um mundo melhor!

© 2018 por DigitiAjuda.

  • White Facebook Icon
  • Branca ícone do YouTube
  • White Instagram Icon